Mitos e verdades sobre a Meningite

A Meningite Meningocócica é uma infecção bacteriana grave que pode causar sequelas e até mesmo levar a óbito.1 Por isso, é importante conhecer a doença e saber como se prevenir. Confira alguns mitos e verdades:

Qualquer pessoa, em qualquer faixa etária, pode contrair a meningite meningocócica. [Verdade]
A Meningite Meningocócica pode acometer indivíduos em qualquer faixa etária, principalmente bebês, crianças pré-escolares e pessoas jovens.

Meningite meningocócica é transmitida de pessoa para pessoa através de secreções respiratórias. [Verdade]
O meningococo, bactéria que causa a doença, pode ser transmitido de uma pessoa para outra por meio de contato direto com gotículas respiratórias através de tosse, espirro, beijo, beber no mesmo copo e comer com talheres de outra pessoa.

Após a exposição à bactéria (meningococo), as manifestações clínicas da doença demoram para se desenvolver. [Mito]
A doença tem um início repentino e evolução rápida, podendo levar a óbito entre 24 e 48 horas. O período médio de incubação da infecção pelo meningococo é de 4 dias, podendo variar de 2 a 10 dias.

Os primeiros sintomas da doença são coceira e diarreia. [Mito]
Os sinais e sintomas da meningite meningocócica incluem febre, irritabilidade, dor de cabeça, perda de apetite, náusea e vômito. Na sequência, o paciente pode apresentar manchas arroxeadas na pele, rigidez na nuca e sensibilidade à luz. Se o paciente não for tratado rapidamente, o quadro clínico pode evoluir para confusão mental, convulsão, sepse e choque, falência múltipla de órgãos e risco de óbito.

A meningite meningocócica pode deixar sequelas ou levar a óbito. [Verdade]
Cerca de 10% a 20% dos indivíduos acometidos sofrem com danos cerebrais, perda auditiva ou dificuldade de aprendizado. A doença pode ainda ser fatal. Estima-se a ocorrência de pelo menos 500 mil casos de doença meningocócica por ano no mundo, com cerca de 50 mil óbitos.

Uma das formas de prevenção é a vacinação. [Verdade]
A vacinação é considerada uma forma eficaz na prevenção da doença. Outras formas de prevenção são evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

FONTE: http://www.casadevacinasgsk.com.br/saude-sem-idade/225-mitos-e-verdades-sobre-a-meningite-meningococica

Av. Onze de Agosto, 1818,
Vila Embaré, Valinhos/SP
(19) 3929-5555


Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:
08:00 às 18:00
Sábado:
08:00 - 12:00